Monthly Archives: October 2016

Palatinose

A isomaltulose é derivada da cana de açúcar, do mel ou da beterraba. É um dissacarídeo originado da mudança das ligações α-1-2, entre glicose e frutose para α-1-6, o que transforma a sacarose em isomaltulose. O nome palatinose foi dado pelo fato de ser produzido originalmente na região de Palatinato, na Alemanha.

É um pó branco, cristalino, com uma doçura natural que corresponde a 50 – 60% da doçura do açúcar comum. Não apresenta sabor residual, podendo mascarar o sabor de outros ingredientes, principalmente o amargo e contém boas características sensoriais.

Mas no que a Palatinose pode te ajudar? Apesar de ser um açúcar simples, ela possui um Índice Glicêmico baixo, isso significa que sua absorção acontece lentamente favorecendo exercícios de longa duração como maratona ou ciclismo de estrada, uma vez que sua administração eleva a oxidação de gordura, como confirmam vários estudos. O único porém, está no fato de que sua ingestão em excesso pode causar desconforto gastrointestinal como náusea e vômito, principalmente em atletas de endurance, podendo até prejudicar o desempenho esportivo.

Para a saúde a palatinose pode ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares, aumentar a saciedade e com isso ajudar no controle do peso, além de auxiliar no tratamento de diabetes tipo 2, uma vez que alimentos de baixo índice glicêmico são recomendados para evitar hiperglicemia depois da refeição, e por estar associado com níveis mais baixos de triglicerídeos.

A palatinose pode substituir o açúcar refinado nas refeições do dia-a-dia. Apesar de ambas substâncias possuírem 60kcal em 15g de produto, a palatinose não causa cáries e é lentamente absorvida no intestino, diferente do açúcar comum.

Mas converse sempre com seu nutricionista, para saber qual a melhor opção para você!

Resultado de imagem para palatinose