Monthly Archives: May 2015

Alimentação Complementar

bebe-com-frutas-a-sua-volta-svetlanafedoseyeva-shutterstock-0000000000004E14

A alimentação é um dos requisitos para um crescimento contínuo e para a vida saudável de uma criança. Essa etapa começa a partir da amamentação do recém-nascido, que dura em média até os 2 anos ou mais e continua na introdução de novos alimentos em sua nutrição, como a papinha, a partir do 6º mês de idade.

Tudo começa com a amamentação, que é muito mais do que nutrir a criança. É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional, além de ter implicações na saúde física e psíquica da mãe.

A Organização Mundial logo_PossoAmamentarda Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam aleitamento materno exclusivo por seis meses e complementado até os dois anos ou mais. O leite materno é capaz de suprir sozinho as necessidades nutricionais da criança nos primeiros seis meses e continua sendo uma importante fonte de nutrientes no segundo ano de vida, especialmente de proteínas, gorduras e vitaminas.

NÃO ESQUEÇA: A mãe que amamenta deve ter uma alimentação saudável, incluindo arroz, feijão, carne, leite, frutas, verduras e legumes, pães e cereais integrais. Deve evitar alimentos com excesso de sal. Deve tomar água sempre que sentir sede, pois a água ajuda a estimular a produção de seu leite. Tenha sempre uma garrafinha com água para ir tomando enquanto amamenta.

A introdução de alimentos na dieta da criança após os seis meses de idade deve complementar as numerosas qualidades e funções do leite materno. Após os seis meses, a criança amamentada deve receber três refeições ao dia (duas papas de frutas e uma papa salgada) e iniciar a introdução de água. Ao se aproximar do sétimo, respeitando-se a evolução da criança, deverá ser introduzida a segunda papa salgada. Entre os seis aos 12 meses de vida, a criança necessita se adaptar aos novos alimentos, cujos sabores, texturas e consistências são muito diferentes do leite materno. Durante essa fase, não é preciso se preocupar com a quantidade de comida ingerida; o mais importante é proporcionar introdução lenta e gradual dos novos alimentos para que a criança se acostume aos poucos.

download

Deve-se procurar variar ao máximo a dieta para que a criança receba todos os nutrientes de que necessita e, também, para contribuir com a formação dos hábitos alimentares, além de evitar a monotonia alimentar. As frutas devem ser oferecidas após os seis meses de idade, preferencialmente sob a forma de papas, sempre em colheradas. Os sucos naturais podem ser usados preferencialmente após as refeições principais, e não em substituição a elas, em uma dose pequena.

alimentacao-infantil-saudavel

Fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: nutrição infantil: aleitamento materno e alimentação complementar / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2009. 112 p. : il. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Cadernos de Atenção Básica, n. 23)

Ensopado de frango

Food Revolution Day – Receita básica de ensopado

Nos inspiramos no Food Revolution Day, que ocorrerá amanhã 15/05, liderada pelo Jamie Oliver, para trazer mais uma receita deliciosa. O Food Revolution Day é uma campanha global para educar as crianças sobre a comida de uma forma divertida e envolvente, por isso convidamos vocês para cozinhar uma belo ensopado e degustar junto com a sua família, reunindo todos ao redor da mesa e desfrutando de uma deliciosa refeição.

FoodRevolution

Rendimento: 4-6 pessoas
Tempo de preparo: 1h30min
 
Base para o ensopado:
2 talos de salsão (aipo)
2 cebolas médias
2 cenoura
óleo de oliva
1 colher de farinha de trigo integral
400g de tomates picados (pode ser em lata, sem pele)
sal, pimenta-do-reino moída na hora
Carne de frango e vinho branco
3 ramos de tomilho fresco
500g de coxas de frango desossados e picadas (ou peito de frango) 
500ml de vinho branco
Modo de preparo:
Apare as extremidades do aipo e pique grosseiramente os talos. Descasque e pique grosseiramente as cebolas. Descasque as cenouras, fatie-as ao comprido e pique-as grosseiramente. Ponha uma panela tipo caçarola ou de ferro sobre fogo médio. Coloque todos os vegetais e as ervas escolhidas dentro da panela com 2 fios generosos de óleo de oliva e frite por 10 minutos. Acrescente o frango e a farinha. Despeje a bebida e os tomates. Dê uma boa mexida, depois tempere com 1 colher (chá) sal marinho (ponha menos se você utilizar sal de mesa) e um pouco de pimenta-do-reino moída na hora. Deixe ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente em fogo brando sobre o fogão por 1h. Remova a tampa durante a última meia hora de cozimento. Quando estiver pronta, o frango deverá estar tenra e deliciosa. Prove-o para checar se é preciso um pouco mais de sal ou pimenta, sirva com pão integral aquecido, ovos cozidos e salsinha.
IMG_6879IMG_6880

BOM APETITE!

Para assinar a petição basta entrar aqui: https://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=pt-BR&prev=search&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=https://www.change.org/p/jamie-oliver-needs-your-help-fighting-for-food-education-foodrevolutionday&usg=ALkJrhhLpzYcI_jOtAJjHHBcVFdos3-G_g

Qual o real benefício do Goji Berry? Será que vale o investimento?

Qual o real benefício do Goji berry? Será que vale o investimento?

Goji-Berry

Praticamente todos os sites de “saúde” já fizerem ao menos uma matéria relatando os maravilhosos benefícios dessa frutinha asiática que tem sido considerada um “super alimento”.

Uma das maiores alegações seria sua alta concentração de antioxidantes, principalmente de vitamina C. De fato cada 100g de goji berry apresenta 2g de vit.C, mais do que a quantidade presente em 20 laranjas. No entanto, essa quantidade é tão alta que nosso corpo nem consegue absorvê-la completamente e o excedente é eliminado principalmente pela urina.

Além disso ela é repleta de outros componentes como flavonoides (antioxidantes), beta-sitosterol (anti-inflamatório), aminoácidos e minerais como zinco e selênio. Porém, ela é uma fruta altamente calórica – cada 100g contém quase 400kcal e, para quem quer emagrecer, seu consumo deve ser moderado.

Um grande problema é seu alto custo pois cada 100g custam, em média, vinte reais (em São Paulo) e os estudos relacionados com ela (são pouquíssimos em humanos) apresentaram duração média de 1 mês com consumo de aproximadamente 15 gramas por dia. Sendo assim seria um gasto de mais cem reais por mês apenas nessa fruta. Vale ainda o alerta que dos poucos estudos existentes, a maioria foi realizado com a versão “in natura” e, aqui no Brasil, o que encontramos é a versão seca e parte dos nutrientes são perdidos no processo de desidratação!

A principal pergunta deve ser: ela tem muita diferença de outras frutas brasileiras como ameixa, jabuticaba, açaí, acerola..? NÃO! Todas essas frutas possuem seus benefícios e individualidade. De um modo geral, é uma boa fonte de nutrientes e seu grande benefício é ter mais uma variedade na alimentação, isso se você tiver dinheiro de sobra para gastar…

Artigos estudados:

Lasekan O. Exotic berries as a functional food Curr
Opin Clin Nutr Metab Care. 2014 Nov;17(6):589-95.

Amagase H, Sun B,
Borek C. Lycium barbarum (goji) juice improves in
vivo antioxidant biomarkers in serum of healthy adults. Nutr Res. 2009 Jan;29(1):19-

Overnights Oats

Overnights Oats

Já ouviu falar em Overnights Oats “aveia de um dia para o outro” É uma ótima ideia para o café da manhã ou lanche da tarde, além de prático e nutritivo, fica lindo! A ideia é na noite anterior colocar em um pote de vidro com tampa algum líquido (leite desnatado, iogurte ou leite de vegetal) + algum grão (chia, aveia, quinoa, amaranto… ), alguma fruta de sua preferência em camadas e alguma oleaginosa (opcional)

Na foto abaixo a receita é a seguinte…

Almond+Berry+Vegan+Overnight+Oats

 Ingredientes:

– 1 Iogurte desnatado

– 1 col de sopa de geleia light de frutas vermelhas

– 1 col de sopa de mirtilo

– 1 col de sopa de chia

– 1 col de sopa de pinole

Preparo: Pode montar em camadas OU misturar tudo.